Nesta terça-feira, os principais índices americanos encerram novamente em território positivo, impulsionados pelo otimismo com os resultados corporativos do terceiro trimestre.

• Dow: (+0,39%)
• S&P: (+0,37%)
• Nasdaq: (0,34%)

• Setores: Destaque positivo para Tecnologia XLK (+0,88%), Materiais Básicos XLB (+1,14%) e Biotecnologia XBI (+1,29%). Na ponta negativa, Consumo Cíclico XLY (-0,67%) e Petróleo XLE (-0,94%). Entre os papeis, Under Armour (+16,4%) e Arista Networks (+20,3%) foram as maiores altas do S&P. Liderando as perdas, Legget & Platt (-9,4%) e Ralph Lauren (-9,7%).

 

Notícias Corporativas

Pfizer ($PFE)
A Pfizer, segunda maior empresa farmacêutica dos Estados Unidos, divulgou números acima das expectativas do mercado, sendo impulsionados principalmente pelas receitas com as vacinas para o Covid- 19. Além disso, a empresa elevou o guidance para o final do ano. As ações subiram 4,1% no pregão. As receitas da companhia somaram U$ 24,1 bilhões vs U$ 22,8 bilhões esperados (+134% YoY), e o lucro por ação foi de U$ 1,34 vs. expectativas US$ 1,09. Em números gerais, a Pfizer obteve US$ 13,0 bilhões de receita com a venda de vacinas (60,5% do total). A companhia pretende entregar ao menos 2,3 bilhões de doses da vacina contra o Covid-19 até o final do ano. A PFE possui US$ 246 bilhões de valor de mercado e suas ações subiam 18,5% ano.

Under Armour (UAA)

A Under Armour soltou um resultado que animou o mercado e as ações dispararam mais de 16% no pregão de ontem. A companhia reportou um lucro por ação de $0.31 contra US$ 0.15 esperados e receitas de U$ 1,55 bilhão, também acima das expectativas. A receita do atacado aumentou 10%, enquanto as vendas diretas ao consumidor aumentaram 12%. A Under Armour ainda obtém mais vendas de parceiros de atacado, como lojas de departamentos, mas a empresa tem investido em suas próprias lojas e site para tentar contornar os intermediários e vender mais diretamente aos clientes. As vendas online caíram 4% em relação ao ano anterior, à medida que a atividade de e-commerce impulsionada pela pandemia diminuiu. Em abril de 2020 O CEO Patrik Frisk anunciou um plano de reestruturação que buscava melhorar a imagem da Under Armour aumentando os gastos com marketing e retirando estoques dos canais de desconto para vender mais produtos pelo preço cheio. Em meio a esses esforços, a empresa também teve que superar os desafios com o fechamento de suas fábricas no Vietnã – cerca de 1/3 das roupas e acessórios da Under Armour são feitos no Vietnã. A Under Armour está avaliada em US$ 12 bilhões, suas ações sobem 51% no ano e negociam a 50x lucros.

Ferrari ($RACE)

A Ferrari reportou números em linha com o esperado pelos analistas e revisou as suas expectativas de lucro para cima. Suas receitas somaram € 1,05 bilhões vs € 1,08 bilhões esperados pelos analistas (18,2%), enquanto o lucro por ação foi de € 1,11 vs exp € 0,99 (+20,7%). As remessas totais de veículos cresceram (+18,9%) para 2. 750 unidades no trimestre. Entre os destaques a empresa disse que atingiu um recorde de pedido líquido sustentado por demanda da China e principalmente dos EUA. A China Continental, Hong Kong e Taiwan são mercados relevantes para o crescimento da empresa e o aumento foi quase o dobro do trimestre anterior graças a chegada de novos modelos, em particular a Ferrari Roma e o SF90 Stradale. A RACE possui valor de mercado total de $ 45 bilhões e negocia a 61,31 fwd P/E. Seus papeis subiram 3,7% no pregão, e no ano, sobem 4,45%.

Estee Lauder (EL)
A empresa de cosméticos Estee Lauder (EL) reportou números de receita e lucro acima do esperado para o primeiro trimestre do ano fiscal de 2022. Suas ações subiram 4,1% no pregão de ontem (2). A companhia reportou um lucro por ação de U$ 1,89 vs. expectativas de US$ 1,70 e receitas somando U$ 4,4 bilhões vs. U$ 4,3 bilhões estimados. As receitas apresentaram um aumento de 23% em relação ao mesmo período do ano passado, guiadas pelo crescimento em todas as linhas de negócio: skin care (+20%), maquiagem (+20%), fragrâncias (+50%) e cuidados com o cabelo (+9%). Para os próximos trimestres a empresa espera um impacto negativo nos custos dos produtos por conta de maiores custos de transporte e logística, mas pretende mitigar esse aumento com a redução de custos em outras áreas, aumento do preço e melhor mix de produtos. A EL possui US$ 120,9 bilhões de valor de mercado e suas ações sobem 31,2% em 2021.

Actvision Blizzard ($ATVI)
As ações da produtora de games, Actvision Blizzard, caíam mais de 10% após postergar o lançamento de dois jogos de peso, Overwatch 2 e Diablo IV. A companhia reportou receitas de U$ 1,88 bilhões (+6,2% YoY), em linha com as estimativas, e um lucro por ação de U$0,72, ante consenso de U$ 0,70. O total de usuários ativos mensais (MAUs) atingiu 390 milhões. Separando por segmentos, a unidade da Activision foi responsável por 119 milhões de jogadores mensais. O destaque ficou com com o Call of Duty Mobile que sentiu um crescimento nas receitas de 40% YoY. A Blizzard contribuiu com 26 milhões de usuários mensais e apresentou um acréscimo de 20% nas receitas, impulsionado pelo lançamento bem-sucedido do Diablo II: Ressurrected. E por último, a King, dona do Candy Crush, reportou 245 milhões de MAUs no trimestre e receitas crescendo 22% YoY, com um aumento robusto de compras no aplicativo e receitas com advertising. Hoje, a Activision Blizzard vale aproximadamente U$ 60 bilhões e negocia a 17x lucros para 2022. Suas ações registram queda de 16% este ano.

T-Mobile ($TMUS)
A operadora de telefonia móvel T-Mobile (TMUS) reportou resultados mistos. As ações subiam cerca de 2,4% no after-market com lucros acima do esperado e com a revisão do guidance para o final de 2021. As receitas do trimestre somaram U$ 19,6 bilhões vs. expectativas de US$ 20,2 bilhões e o lucro por Ação foi de U$ 0,55 vs. expectativas de U$ 0,52. O número de clientes no segmento pós-pago é comumente utilizado como métrica para se avaliar empresas de telefonia. A T-Mobile informou que adicionou 1,3 milhão de usuários pós-pagos, sendo 673 mil de clientes de telefones e 586 mil de clientes do seu produto de internet doméstica pós-paga, que utiliza as infraestruturas de 4G e 5G. Os números vieram acima dos resultados apresentados por suas principais concorrentes AT&T (T), que adquiriu 1,2 milhão de usuários e Verizon (VZ), que adquiriu cerca de 700 mil usuários no segmento. Para o final do ano, a companhia revisou suas projeções para cima, esperando aumento entre 5,1 e 5,3 milhões de usuários pós-pagos e lucro operacional entre US$ 23,4 e 23,5 bilhões. A TMUS possui US$ 144,5 bilhões de valor de mercado e suas ações caem 12,6% desde o início de 2021, contra -14,3% da AT&T (T) e -10,7% da Verizon (VZ).

BP – ($BP)
A empresa de petróleo com sede na Inglaterra superou as expectativas de lucros impulsionada pela alta nos preços da energia. O lucro líquido do período foi de US$ 3,3 bilhões, acima das estimativas de US$ 3,1 bilhões, de acordo com a Refinitiv. O CEO Bernard Looney comentou: “O aumento dos preços das commodities certamente ajudou, mas estou muito satisfeito porque trimestre a trimestre, estamos fazendo o que dissemos que faríamos – entregando dinheiro significativo para fortalecer nossas finanças, aumentar as distribuições aos acionistas e investir em nossa transformação estratégica”. A BP manteve seus dividendos em $5,46/ação, após um aumento de 4% até 2025 anunciado no segundo trimestre. No início do ano, a BP traçou um plano de 10 anos para reduzir a produção de petróleo e gás em 40% e aumentar os gastos com energia de baixo carbono para US$ 5 bilhões por ano. A BP está avaliada em $94 bilhões, possui um yield de 4.7% e negocia a 8x lucros estimados para 2022.

 

O que esperar para o mercado hoje:

• Ásia: As bolsas asiáticas têm resultados variados. Na quarta foi divulgada a pesquisa privada Índice do Gerente de Compras (PMI na sigla em inglês) Caixin/Markit relativa à China, que marcou 53,8 pontos em outubro, frente a 53,4 em setembro – lembrando que qualquer leitura acima de 50 pontos indica expansão; abaixo, retração.

• Europa: As bolsas europeias se mantêm estáveis, com resultado negativo do setor de petróleo e gás, reflexo da queda de 2% no preço do petróleo, e positivo para o de mineração.

• Futuros: estáveis a espera do FED. Hoje temos a decisão de juros, que deve se manter no mesmo patamar, mas o FED vai anunciar o o ritmo e intensidade do seu tapering. O anuncio dos juros bem como o comunicado so ocorre as 15hs.

• Agenda: Variação de Empregos Privados ADP (outubro) e o ISM Non-Manufacturing PMI (outubro).

• Balanços: CVS Health, Met Life, Humana, Emerson Eletric, Exelon, Marriot, Booking Holdings, Roku, Qualcomm, HubSpot, Etsy, Eletronic Arts e Take Two.

Gostou deste artigo?

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro de tudo

    Desejo receber atualizações de notícias, eventos e ofertas

    Ainda não é cliente?

    Abra sua sua conta sem custos para ter acesso a todo o nosso material

    Abra sua conta