Nesta quinta-feira, o S&P 500 encerrou em território positivo pelo sexto dia seguido, apoiado pelo otimismo com os balanços corporativos do terceiro trimestre e fortes dados econômicos.

• Dow: (-0,09%)
• S&P: (+0,42%)
• Nasdaq: (+0,61%)

• Setores: Destaque positivo para o setor de Consumo Cícliclo XLY (+1,35%) e Tecnologia XLK (+1,56%). Na ponta negativa, Imobiliário IYR (-0,88%) e Financeiro (-1,31%). Entre os papeis, NVDIA (+12%), Qualcomm (+12,7%) e Etsy (+13,2%) foram as maiores altas do S&P. Liderando as perdas, Moderna (-17,8%) e Penn National Gaming (21%).

• Dólar: O dólar avançou 0,26%, cotado a R$ 5,60.

 

Notícias Corporativas

Moderna ($MRNA)
A farmacêutica Moderna divulgou ontem (4) pela manhã seus resultados muito abaixo do
esperado referentes ao terceiro trimestre de 2021. Somado a isso, a redução das projeções de entrega e receita com vacinas para o ano de 2021 fez com que suas ações caíssem quase 18% no pregão. As receitas trimestrais somaram U$ 4,97 bilhões vs. expectativas de U$ 6,32 bilhões e o lucro por ação foi de U$ 7,70, ante consenso de U$ 9,07.
Por estar dentre as empresas que produziram a vacina para a Covid-19, suas receitas (e suas ações) tiveram uma alta significativa no último ano, saltando de US$ 157 milhões no 3o trimestre de 2020 para quase US$ 5 bilhões no último período. Em 2021, foram distribuídas 510 milhões de doses da vacina, sendo 41% desse montante (208 milhões) apenas no terceiro trimestre.
A Moderna reduziu as projeções de entrega e receita com vacinas para a Covid-19 de US$ 20 bilhões para entre US$ 15 e US$ 18 bilhões por conta de atrasos na entrega de produtos, causado pelos problemas na cadeia de suprimentos, e gargalhos na linha de produção que vão impedir que a empresa supra toda a demanda que recebeu. Vale lembrar que no início da semana a Pfizer (PFE), sua concorrente na ‘corrida pela vacina’, aumentou suas projeções de venda para US$ 36 bilhões.
A Moderna está avaliada em US$ 114,4 bilhões e sobem 153% no ano de 2021, mesmo com a queda acentuada de hoje.

Prundential ($PRU)
A Prudential divulgou resultados que bateram as estimativas do mercado ajudado pela execução do seu plano de redução de custos e pela venda da sua unidade de Annuities (tipo específico de plano de previdência).
O CEO Charles Lowery disse que o plano anunciado anteriormente para obter economia de custos de US$ 750 milhões até 2023 já alcançou US$ 590 milhões em reduções até o final do trimestre.
A pandemia, no entanto, afetou seus resultados de seguro de vida, que relatou um prejuízo operacional ajustado de US$ 135 milhões em comparação com o lucro líquido de US$ 22 milhões um ano antes. O enfraquecimento foi quase totalmente atribuído ao COVID-19 e a variante Delta que foi mais mortal do que o esperado, com mais de 3x as fatalidades estimadas na categoria de 35 a 54 anos, de acordo com a empresa.
Por outro lado, a alta nas taxas de juros e um bom desempenho de vendas de seus produtos ajudaram o resultado.
A Prudential tem um valor de mercado de aproximadamente US$ 43 bilhões, negocia a 9x lucros estimados e um yield de 4.2%. No ano suas ações sobem 42%.

Uber ($UBER)
O Uber (UBER) divulgou resultados mistos em relação ao 3o trimestre de 2021. Apesar das receitas superarem as expectativas por 10%, a empresa apresentou prejuízo líquido maior do que as projeções do mercado. Suas receitas totalizaram U$ 4,8 bilhões vs. U$ 4,4 bilhões estimados e o prejuízo por ação foi de -US$ 1,98 vs. expectativas de -US$ 0,30
Segundo a companhia, o resultado foi impactado pela queda no valor dos investimentos da
Uber na chinesa Didi (as ações DIDI caíram mais de 50% no trimestre), que foi compensado por bons resultados de outros investimentos como Zomato, Aurora e Joby.
Apesar da redução das restrições de mobilidade em decorrência da pandemia, o segmento
Uber Eats cresceu 50% em relação ao 3o trimestre de 2020, atingindo US$ 12,83 bilhões de receita
bruta. Já o segmento de mobilidade cresceu 67% no período, para US$ 9.8 bilhões.
A empresa reportou 1,64 bilhão de viagens durante o trimestre, valor 9% maior do que o trimestre anterior e 39% na comparação anual. Além disso, tanto o número de motoristas quanto o de entregadores cresceram no período.
Apesar dos problemas que o Uber enfrenta em relação a oferta e demanda dentro da sua plataforma (inclusive sentida por muitos aqui no Brasil, apesar da América Latina representar apenas 8% das receitas da companhia), o CEO da companhia informou que o aumento de preço e que o tempo de
espera estão diminuindo.
O Uber tem valor de mercado de US$ 83,9 bilhões e suas ações caem 10,4% no ano de 2021.

Airbnb (ABNB)
O Airbnb reportou recorde de receitas e lucro nesse trimestre, mas deu um guidance que não animou muito o mercado; ainda assim suas ações subiam mais de 7% no aftermarket.
O lucro líquido aumentou 280% (YoY) para US$ 834 milhões. Lucro por ação de US$ 1,22 e Receitas de US$ 2,24 bilhões (+67% (YoY) contra US$ 2,05 bilhões estimados. A empresa reportou 79,7 milhões de noites e experiências (estadias e experiências efetivamente reservadas) no terceiro trimestre, uma ligeira diminuição em relação ao 2T e um pouco abaixo dos 80,8 milhões estimados. As taxas médias diárias da empresa caíram para US$ 149, de cerca de US $ 161 no último trimestre.
Em sua carta do terceiro trimestre aos acionistas, o Airbnb disse que as tendências de recuperação continuam a variar regionalmente, e por taxas de vacinação e restrições de viagens. Eles revelaram um guidance para o 4T de recuperação e crescimento na comparação anual, mas em linha com o esperado pelo mercado, o que não pode ser considerado algo tão bom dado que trata-se de uma empresa considerada de crescimento, ou a qual se espera que siga crescendo a elevadas taxas.
O Airbnb vale US$ 112 bilhões na bolsa americana, suas ações sobem 22% no ano, apesar de apresentar uma queda de mais de 20% frente a máxima do ano atingida em fevereiro.

Square Inc ($SQ)
A fintech, Square Inc, divulgou números trimestrais que frustraram as expectativas do mercado, à medida que os custos operacionais continuam a pressionar suas margens. A companhia reportou receitas de U$ 3,84 bilhões (+26% YoY) vs expectativas de U$ 4,44 bilhões, e um lucro por ação de U$ 0,37, em linha com o consenso. Excluindo as operações com bitcoin, as receitas totais foram de U$ 2,03 bilhões.
O EBIDTA ajustado ficou na casa dos U$ 233 milhões, abaixo dos U$ 360 milhões reportados no trimestre anterior, enquanto o volume bruto de pagamentos subiu oara U$ 45,4 bilhões, frente aos U$ 42,8 bilhões alcançados no segundo trimestre. As receitas com transações cresceram 40% na base anual, para U$ 1,3 bilhões.
A companhia diz estar otimista com o futuro dos seus ecossistemas de Seller e CashApp. O lucro bruto do segmento de Seller cresceu (+48% YoY), para U$ 606 milhões, enquanto o
ecossistema CashApp mostrou um avanço de (+33% YoY), para U$ 512 milhões. No entanto, as despesas operacionais têm aumentado de forma significativa. Para o ano, a companhia estima despesas na casa dos U$ 1,16 bilhões, um salto de 55% em relação a 2020.
As ações da Square operavam em queda de 4% no aftermarket. Hoje, a fintech está avaliada em U$ 117 bilhões e negocia a aproximadamente 100x lucros para 2022. No ano, seus papeis sobem cerca de 13,7%.

 

O que esperar para o mercado hoje:

• Ásia: Durante a madrugada no continente asiático, as ações operaram em tons positivos. O índice de Shangai (- 1,00%), enquanto no Japão, a Nikkei fechou (-0,61%).

• Europa: Na Europa, a Euro Stoxx também opera em alta (+0,19%). A CAC40 (índice francês) (+0,35%) e a DAX (índice alemão) (+0,12%), enquanto, na Inglaterra (FTSE100) (+0,39%).

• Futuros: e os futuros americanos temos o Nasdaq com +0,05%, +0,25% para o S&P e de +0,06% para o Dow • Agenda: Payroll (outubro).

• Balanços: Berkshire Hathaway, Toyota Motors, Honda Motor, Goodyear, Enbridge Inc, Dominion Energy, Kimco Realty e DraftKings.

Gostou deste artigo?

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro de tudo

    Desejo receber atualizações de notícias, eventos e ofertas

    Ainda não é cliente?

    Abra sua sua conta sem custos para ter acesso a todo o nosso material

    Abra sua conta