Após três dias consecutivos de queda, os principais índices americanos tiveram um dia positivo, impulsionados principalmente pelas ações do setor de tecnologia.

• Dow: (estável)
• S&P: (+0,30%)
• Nasdaq: (+0,73%)

• Setores: Destaque positivo para Tecnologia XLK subindo (+0,61%, Materiais Básicos XLB avançando (+0,75%) e Utilities XLU com ganhos de (+1,17%). Na ponta negativa tivemos Petróleo XLE em leve queda de (-0,1%) e o índice Financeiro XLF caindo (-0,57%). Entre os papeis, tivemos AMD e Black Rock Inc com as melhores performances do S&P, subindo mais de 3,5% cada. As maiores quedas ficaram com Delta Airlines (-5,7%) e Align Technologies (-5%).

• Dólar: O dólar recuou 0,51%, cotado a R$ 5,50, após o Banco Central injetar U$ 1 Bilhão no mercado.

• Economia: A Ata da Reunião do FOMC divulgada ontem à tarde, deu indícios de que o Banco Central Americano poderia começar a reduzir seu programa de compra de ativos já em meados de novembro, caso a recuperação econômica continue nos trilhos.
Também saíram os dados do Indice de Preços ao Consumidor (CPI) referente ao mês de setembro. A leitura mostrou um avanço de 0,4% em relação ao mês anterior e de 5,4% na comparação anual, de acordo com o Departamento de trabalho. Excluindo energia e alimentação, o núcleo do CPI aumentou 0,2% na comparação mensal e 4% nos últimos 12 meses.

 

Notícias Corporativas


Resultados 3T2021:

JP Morgan Chase ($JPM)
O JPMorgan Chase divulgou na quarta-feira pela manhã os resultados do terceiro trimestre e eles superaram as expectativas do mercado por causa das reduções das provisões, com US $ 1,5 bilhão de perdas com empréstimos vindo melhores do que o esperado. As receitas da companhia somaram U$ 30,44 bilhões vs U$ 29,8 bilhões estimados, e o lucro foi de U$ 3,74 por ação contra a estimativa de U$ 3,0. O ganho veio depois que o banco liberou $ 2,1 bilhões em reservas e teve $ 524 milhões de baixas líquidas no trimestre, disse o JPMorgan de Nova York em um comunicado. O banco produziu US $ 3,74 por ação em ganhos, o que inclui um aumento de 52 por cento por ação de liberações de reservas e um benefício de 19 por cento por ação vinculado a uma declaração de imposto (eventos atípicos). Mas um nível robusto de fusões e emissão de IPO ajudou o banco de investimento da empresa. A empresa registrou um aumento de 50% nas taxas de banco de investimento para US $ 3,28 bilhões, superando a estimativa em meio bilhão de dólares.
As ações do JPMorgan caíram 2,6% na sessão, mas no ano, acumulam alta de aproximadamente 30%, atrás do aumento de 37% do KBW Bank Index.

BlackRock ($BLK)
A BlackRock, maior gestora de ativos do mundo, também divulgou ontem os seus resultados operacionais referentes ao 3o trimestre de 2021. De forma geral a empresa superou as expectativas do mercado e suas ações subiram 3,7% no pregão. Suas receitas totalizaram US$ 5,1 bilhões (+15,6% YoY) e o lucro por ação ficou na casa dos US$ 10,95 quando a expectativa era de US$ 9,6. Vale ressaltar que a empresa vem superando as expectativas do mercado em relação a LPA nos últimos quatro trimestres.

A gestora terminou o mês de setembro com US$ 9,46 trilhões sob gestão, um aumento de 21,2% em relação ao mesmo período do ano passado, mas abaixo da expectativa de US$ 9,64 trilhões. Considerando os ativos sob gestão que estão investidos, 52% estão alocados em ações (equities), 28,7% em renda fixa, 8% em multiativos e 3% em investimentos alternativos, além de 8% em caixa.
O CEO da companhia, Larry Link, informou que a estratégia de longo prazo da BlackRock segue centrada em atender às necessidades dos clientes em relação ao bem-estar financeiro, expandindo as escolhas de investimentos, desenvolvendo novas soluções de aposentadoria e realçando a capacidade de análise de dados e tecnológicas.
As ações da BlackRock sobem 23,3% no ano contra 17,4% do S&P 500. Nos últimos 12 meses a ação sobe 37%.

Delta Airlines ($DAL)
A Delta Airlines foi a primeira companhia aérea a reportar seus resultados referentes ao terceiro trimestre fiscal, com números acima do consenso dos analistas. No entanto, a companhia aérea alertou que o aumento crescente dos preços dos combustíveis pode afetar suas margens nos próximos meses. Suas ações caíram mais de 5% durante a sessão. O lucro por ação foi de U$ 0,30 contra U$ 0,17 esperados, e as receitas somaram U$ 9,15 bilhões ante consenso de U$ 8,4 bilhões.
O lucro trimestral totalizou U$ 1,2 bilhões, queda de 19% em relação ao mesmo período de 2019. Esse foi o segundo resultado positivo durante a pandemia, e o primeiro sem o auxílio do governo americano. A Delta e outras companhias aéreas receberam bilhões de dólares em assistência federal para manter suas atividades durante o período de restrições. No último trimestre, a empresa operou com cerca de 71% de sua capacidade, e estima expandir para pelo menos 80% até o fim do ano.
Hoje, a Delta Airlines está avaliada em U$ 28 bilhões, negociando a 10x lucros para 2022. Suas ações registram alta de 8% este ano.

 

O que esperar para o mercado hoje:

• Ásia: Durante a madrugada no continente asiático, as ações operaram em tons negativos. O índice de Shangai (-0,10%), enquanto no Japão, a Nikkei fechou (+1,46%).

• Europa: Na Europa, a Euro Stoxx também opera em alta (+1,12%). A CAC40 (índice francês) (+0,87%) e a DAX (índice alemão) (+0,63%), enquanto, na Inglaterra (FTSE100) (+0,70%).

• Futuros: e os futuros americanos temos o Nasdaq com +0,75%, +0,67% para o S&P e de +0,62% para o Dow.

• Agenda: às 9:30 saem os dados de Pedidos Iniciais de Seguro Desemprego e o Índice de Preços ao Produtor.

• Balanços: TSMC, United Health, Bank of America, Wells Fargo, Morgan Stanley, Citigroup, US Bancorp, Walgreens Boots Alliance e Domino’s Pizza.

Gostou deste artigo?

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro de tudo

    Desejo receber atualizações de notícias, eventos e ofertas.

    Ainda não é cliente?

    Abra sua sua conta sem custos para ter acesso a todo o nosso material

    Abra sua conta