Avenue
Compartilhe este post

A Exxon reportou nesta sexta-feira (27/10/2023), antes da abertura dos mercados, seus resultados com números que vieram aquém do esperado pelo mercado, mas as empresa aumentou seu dividendo trimestral e isso atenuou a queda de suas ações.

A receita caiu 19% na comparação anual de US$ 112,07 bilhões para US$ 90,76 bilhões; e reportou um lucro de US$ 9,07 bilhões, queda de 54% ante os US$ 19,66 bilhões do mesmo trimestre do ano anterior – tal lucro menor se explica por eventos extraordinários no ano passado, como a venda de certos ativos. A produção apresentou leve queda de 0,8%, mas os preços mais baixos de petróleo na comparação anual ajudam a explicar o resultado mais fraco. Além disso, seu resultado foi prejudicado pelo negócio químico da Exxon, que foi atingido pelo aumento dos custos das matérias-primas. Na parte de refino a Exxon disse que entregou seu melhor resultado em termos de quantidade de óleo refinado na sua história.

No terceiro trimestre, a Exxon atingiu a meta de reduzir os seus custos até ao final do ano em US$ 9 bilhões, em comparação com 2019. Esse foco em custos aliada a forte geração de caixa da empresa, ajudou a mesma a elevar suas reservas de caixa (10% nesse trimestre) atingindo US$ 33 bilhões. Com isso, a empresa anunciou que aumentou seu dividendo para US 0,95 por ação, de US$ 0,91 por ação e que está no caminho para executar seu programa de US$ 17,5 bilhões em recompras este ano.

 

Resultados Gerais:
– Receitas: US$ 90,76 bilhões vs. US$ 94,06 bilhões esperados pelos analistas.
– Lucro por Ação: US$ 2,25 vs. US$ 2,37 estimado.
– A Exxon possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 420 bilhões, P/E (price/earnings) de 9,82, dividend yield de 3,90% e no ano as suas ações caem 14%.

 

Para mais resumos como este, acesse o blog da Avenue: https://avenue.us/resultados-trimestrais/

 

 

Fale com a gente