Aqueles que chegam no mercado muito corriqueiramente têm a impressão de que o segredo para ser bem-sucedido é ter acesso a muitas informações, diversas telas de computador, inside information, etc. No entanto, a verdade é que mesmo nomes conhecidos do mercado têm seus momentos de dificuldade. Eles erram, também têm diversas incertezas, mas no final do dia, eles agem e tomam decisões de compra e venda no mercado exatamente como você – com a diferença de alguns bilhões de dólares no bolso.

Pensando nisso, vou aqui falar dos movimentos recentes de 5 nomes conhecidos do mercado americano e global. Entretanto, não caia na crença ingênua de que para se obter sucesso basta você fazer uma cópia exata de estratégias desses gestores renomados. Existem diferenças de perfil de investidor, de patrimônio alocado, de apetite e compreensão a risco e muito mais. Ainda assim, é sempre um aprendizado observar o que esses investidores profissionais estão fazendo.

Já ouviu falar no SEC Form 13F?

Antes de falar da carteira deles, vou te ensinar algo útil. Eu gostei de ter aprendido mais sobre e penso que você também vai gostar.

No mercado americano existe um relatório chamado SEC Form 13F que nos traz informações interessantes sobre as movimentações dos gestores de renda variável americana. O Formulário 13F é um relatório trimestral que deve ser arquivado por todos os gestores de investimentos institucionais com pelo menos US$ 100 milhões em ativos sob gestão. Os fundos de hedge devem apresentar o Formulário 13F dentro de 45 dias após o último dia do trimestre. Essa foi uma regra aprovada pelo congresso americano em 1975 e visa dar transparência sobre a alocação de recursos dos investidores.

O report ganhou popularidade, pois é visto como uma indicação de para onde o considerado “smart money” está indo, ou seja, o capital que está sendo controlado por investidores institucionais, bancos centrais, fundos e outros profissionais financeiros.

Mas nem tudo são flores. Veja alguns problemas do report
Esse é um ponto positivo do report. Mas como sempre, não há estratégia infalível no mercado, então preste atenção a esses pontos negativos que vou listar aqui antes de mergulhar no texto e nas movimentações recentes desses 5 gestores.

(i) Dado que o report é divulgado até 45 dias após o fechamento do trimestre, as posições dos gestores já podem ter mudado após a divulgação.
(ii) Em 45 dias os preços dos ativos já podem ter mudado, alterando significativamente a relação risco retorno das posições dos gestores.
(iii) O report não apresenta as posições vendidas (short) dos gestores, o que em muitos casos altera significativamente a fotografia do portfólio.
(iv) Mesmo gestores profissionais erram, então o acesso as suas movimentações não oferecem nenhuma garantia de que você obtenha retornos semelhantes aos deles.

Conclusão: é interessante saber o que os investidores experientes e renomados estão fazendo em meio à turbulência observada no mercado. No entanto, toda decisão de investimento deve ser baseada no seu perfil e na compreensão do balanço de riscos e potencial retorno de cada ativo.

Feita essa ressalva importante, vamos as movimentações de 5 gestores americanos.

  • Warren Buffet
    O conhecido investidor realizou mudanças em seu portfólio, segundo o report 13F publicado recentemente. Buffet tradicionalmente não altera significativamente sua carteira. Para se ter uma ideia, o tempo de permanência média de uma ação em seu portfólio é de 25 trimestres, ou seja, mais de 6 anos.. Ainda assim, o report trouxe mudanças que chamam atenção.Resumindo aqui: ele comprou 8 novas ações, aumentou posição em outras 7, vendeu 3 e reduziu exposição em outras 4. Na data do report suas 10 maiores posições respondiam por quase 90% do seu portfólio, de mais de US$ 350 bilhões. A tabela abaixo sumariza as 5 principais mudanças feitas.

Whale Wisdom

Após as mudanças as 5 principais posições de sua carteira eram em 31/03/2022: Apple representando 42.8% da carteira; Bank of America, 11.5%; American Express, 7.8%; Chevron, 7.1% e Coca-Cola, com 6.7%. Para acessar sua carteira completa, clique aqui.

Penso que o mais relevante a se comentar sobre as movimentações de Buffet foi a redução de seu caixa em um momento de muita volatilidade, incertezas e receio por parte do mercado. Buffet realizou um total de compras de US$ 41.5 bilhões no primeiro trimestre de 2022, o maior valor investido por ele desde o segundo semestre de 2008 – auge da crise. Mais uma vez, vimos Buffet botar em prática o seu discurso de ser corajoso quando os outros têm medo.

  • Ray Dalio
    O fundador e principal nome da Bridgwater Associates é conhecido pelo seu approach mais macro e sua visão de longo prazo em termos de ciclos econômicos. A carteira de investimento de sua gestora reflete isso com uma maior participação de ETFs em setores, geografias e temas.Em termos gerais, sua carteira é bastante ampla em quantidade de posições e é igualmente diversificada. As 10 maiores posições respondem por 33% de sua carteira e a média de “carrego” de suas posições é de 1 ano – vale a ressalva que para os 10 ativos de maior participação esse turnover muda para mais de 13 trimestres, ou seja, mais de 3 anos. No 1T22 ele comprou 261 novas empresas, aumentou posição em 564, vendeu 24 e reduziu posições em outras 156.Suas 5 principais mudanças foram:

Whale Wisdom

Após essas mudanças suas 5 principais posições são: VWO (Vanguard FTSE Emerging Markets ETF), com 4.2% da carteira; Proctor and Gamble, com 4.2%; IEMG (iShares Core MSCI Emerging Markets ETF), com 3.6%; EEM (iShares MSCI Emerging Markets ETF), com 3.6%; SPY, com 3.4%.

Com 3 diferentes ETFs com exposição a mercados emergentes, dá para ver que essa é uma aposta forte atualmente em sua carteira. Fora isso, ainda que tenha reduzido exposição em Home Depot e Lowes, ele ainda possui posição relevante em ações de consumo básico nos EUA.

  • Bill Ackman
    William Ackman é co-gerente de investimento do grupo de hedge funds Gotham Partners LP. Ele Formou a Pershing Square Capital Management em 2003, com US$ 54 milhões levantados de apenas três investidores. Ele tem por característica ser um gestor ativista com participação nas empresas que investe, influenciando decisões nas empresas. Além disso, sua gestão também inclui a operação de estratégias de long e short (essa é uma estratégia que consiste na venda de um ativo que você não possui apostando na queda do mesmo e, com os recursos dessa venda, a concomitante compra de outro ativo que você acredite que possa se valorizar). Inclusive, ele ficou famoso com o seu short nas ações de Herbalife e sua briga com outro investidor famoso, Carl Icahn.Pois bem, a carteira da Pershing Square soma pouco mais de US$ 10 bilhões sendo concentrada em 8 ativos. Atualmente as 5 maiores posições são: Lowes, com 20.0% do portfólio; Chipotle, com 17.1%, Hilton Hoteis, com 14.7%; Restaurant Brands International, com 13.5%; e Howard Huges, com 12.8%. Abaixo as movimentações recentes:

Whale Wisdom

Historicamente ele mantém suas maiores posições por cerca de 16 trimestres. No entanto, foi notícia recente de que ele vendeu toda sua posição em ações da empresa Netflix, onde ele teria percebido uma perda de cerca de US$ 400 milhões.

  • Cathie Wood
    Cathie ficou conhecida com sua gestora de ETFs, a ARK. A empresa e seus fundos focam seus investimentos em inovações que considerem disruptivas. Eles possuem uma abordagem bem aberta em termos de setores, tamanhos de empresas e geografias. Focam em identificar oportunidades de grande escala e em inovações tecnológicas centradas em sequenciamento de DNA, robótica, inteligência artificial, armazenamento de energia e tecnologias de blockchain.O outro lado da moeda é que seus investimentos possuem elevada volatilidade e, mais recentemente, seus ETFs apresentaram quedas significativas, evidenciando esse maior risco, que representam seu estilo de investimento.

    Falando da sua carteira a ARK possui cerca de US$ 24 bilhões sob gestão. Nesse 1T22 adicionaram 38 novas ações; elevaram posições em 140; venderam 46 e reduziram posições em 167 ações. Suas 10 maiores posições representam 46% da sua carteira e eles tendem a carregar posições em média, por 7 trimestres. Abaixo as 5 maiores mudanças.

Whale Wisdom

Suas 5 maiores posições atuais são: Tesla, com 7.2% de suas carteiras; Teladoc, com 5.9%; Coinbase, com 5.5%; Square, com 4.7% e Roku, com 4.3%.

  • Michael Burry
    O fundador da Scion Capital ficou conhecido por ter sido um dos poucos gestores que previu a crise de 2008, se beneficiando dela por meio de seu fundo. Esse reconhecimento só aumentou com o lançamento do filme The Big Short (A Grande Aposta), que conta a história de Burry e como ele lucrou com a crise imobiliária norte-americana. No filme, ele é interpretado por Christian Bale.A julgar pelo seu portfólio atual (31/03/2022), Burry possui um perfil de gestão bem peculiar – confira sua carteira. Atualmente ele gere pouco mais de US$ 200 milhões. Suas 10 maiores posições representam 94% da carteira e o tempo de permanência de cada posição é de menos de 1 trimestre – veja mais aqui. Abaixo as 5 principais movimentações.

Whale Wisdom

Suas 5 maiores posições em 31 de março eram: puts (opções de venda) de Apple, que respondiam por 17.9% da carteira; Bristol-Meyers, com 10.9% da carteira; Booking Holdings, com 9.3%; Discovey Inc. 9.3% e Google, com 9.0%.

Minha opinião
O mercado tem estado muito volátil e cada perfil de gestor acaba tomando suas decisões próprias seguindo seu modelo de gestão e apetite a risco. Busquei aqui apenas trazer insights e ideias sobre o que alguns gestores têm feito. Inclusive, vamos fazer uma live para discutir mais o tema – no Conexão Avenue, que vai acontecer dia 30/05, às 19h.

Enfim, penso que cópias podem ser um grande desastre. Isso, inclusive, me lembra a história da restauração da figura de Cristo Flagelado, que adornava a parede do Santuario de la Misericordia, na cidade espanhola de Borja. Quando Cecilia Giménez, uma senhora de 81 anos, tentou restaurar a obra, com certeza tinha excelentes intenções, mas basicamente ela acabou por arruinar o Cristo de Elías García Martínez.

The Guardian

Portanto, foque em investir naquilo em que você sem sinta confortável, se adequando ao seu perfil e entendendo os riscos envolvidos. Parafraseando Buffett: risco vem de não saber o que você está fazendo ou onde está investindo.

Vale uma ressalva final aqui, para quem gosta de podcasts e sente falta desse nosso formato, estou no Spotify com o GoGlobal – vale seguir e ouvir. E para mais informações e análises como essa me sigam nas redes sociais – Twitter e Instagram.

Aquele abraço,
William Castro Alves

Tenha em mente que não há garantia de que qualquer estratégia será bem sucedida ou lucrativa, nem protegerá contra uma perda.
A Avenue Securities LLC é membro da FINRA e da SIPC. Oferta de serviços intermediada por Avenue Securities DTVM. Veja todos os avisos importantes sobre investimento: https://avenue.us/termos/.

Gostou deste artigo?

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro de tudo

    Desejo receber atualizações de notícias, eventos e ofertas

    Ainda não é cliente?

    Abra sua sua conta sem custos para ter acesso a todo o nosso material

    Abra sua conta