Avenue
Compartilhe este post

A Coca-Cola reportou nesta terça-feira (24/10/2023), antes da abertura dos mercados, os seus resultados com números melhores que o esperado pelo mercado, elevou sua projeção de números para o ano e suas ações repercutiram positivamente a isso.

Coca-Cola reportou um crescimento de receitas de 8% que se traduziu numa expansão de 9,2% de lucros, o qual atingiu US$ 3,09 bilhões. Assim como muitas outras companhias a Coca-Cola aumentou os preços dos seus produtos nos últimos 2 anos, citando o aumento dos custos das matérias-primas. Esse foi o principal vetor do seu resultado nesse trimestre, onde os seus preços subiram 9% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Todas suas divisões apresentaram algum crescimento, ainda que tímido, de volumes de vendas, o qual no agregado cresceu 2%, puxado em especial por bebidas como sua Coca-Zero e sua linha Fairlife.

A empresa também revisou para cima sua projeção para o ano. Agora a Coca-Cola espera um crescimento de lucro por ação de 7% a 8%, acima da faixa anterior de 5% a 6%. A empresa também ajustou sua perspectiva para a receita orgânica, prevendo um aumento de 10% a 11%, acima da faixa anterior de 8% a 9%. Olhando para 2024, a Coca-Cola se mostra mais reticente e disse que irá detalhar suas estimativas para 2024 quando divulgar os lucros do quarto trimestre no início do próximo ano.

 

Resultados Gerais:

– Receitas: US$ 11,91 bilhões vs. US$ 11,44 bilhões esperados pelos analistas.

– Lucro por Ação: US$ 0,74 vs. US$ 0,70 estimado.

– A Coca-Cola possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 234 bilhões, PE (price/earnings) de 22,35, dividend yield de 3,40% e no ano as suas ações caem 14,98%.

 

Para mais resumos como este, acesse o blog da Avenue: https://avenue.us/resultados-trimestrais/

 

 

Fale com a gente