Avenue
Compartilhe este post

O McDonalds reportou nesta segunda-feira (30/10/2023), antes da abertura dos mercados. Seus números superaram as estimativas dos analistas do mercado graças aos aumentos de preços que a empresa aplicou, os quais compensaram a redução de circulação em seus restaurantes nos EUA.

O McDonalds reportou um crescimento de receitas de 14% na comparação anual e de 17,2% nos lucros. Dado de vendas nas mesmas lojas mostrou crescimento de 8,8%, acima dos 7,8% esperados. Parte do crescimento se deve a elevação de preços aplicada pela empresa. Apesar desses preços mais elevados em algumas regiões, os executivos afirmaram que a empresa ainda se saindo bem ante seus competidores no que diz respeito à percepção de valor e acessibilidade dos consumidores. Segundo a empresa o McDonald’s ganhou share de mercado junto dos consumidores de rendimentos médios e elevados. Os aumentos de preços têm a ver com elevação de custos, mas também aos maiores salários-mínimos em diversas regiões.

A empresa informou que o tráfego (a quantidade de pessoas circulando) na operação americana caiu, marcando o primeiro trimestre deste ano em que a métrica caiu; no entanto, em outros mercados como Reino Unido, Alemanha e Canadá, aumentou. Além disso, na sua operação que engloba China e Japão o McDonalds informou que viu crescimento de vendas nas mesmas lojas de mais de 10%.

O McDonald’s está programado para fornecer uma atualização aos investidores em 6 de dezembro, em Chicago, onde vai detalhar mais a respeito dos seus novos projetos.

 

Resultados Gerais:
– Receitas: US$ 6,69 bilhões vs. US$ 6,56 bilhões esperados pelos analistas.
– Lucro por Ação: US$ 3,17 vs. US$ 3,00 estimado.
– O McDonalds possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 190 bilhões, P/E (price/earnings) de 23,73, dividend yield de 2,59% e no ano as suas ações caem cerca de 2%.

Para mais resumos como este, acesse o blog da Avenue: https://avenue.us/resultados-trimestrais/

 

 

Fale com a gente