Avenue
Compartilhe este post

O Bank of America reportou nessa terça-feira (18/07/2023), antes da abertura do mercado, os seus resultados do 2T23, com números acima do esperado e suas ações repercutem positivamente na abertura de mercado.

O banco reportou crescimento de receitas de 11% e lucros de 19% para US$ 7,41 bilhões. O grande vetor desse crescimento foi a elevação da receita de juros reflexo das maiores taxas. Abrindo por linhas de negócios a mesa de Renda Fixa reportou crescimento de 18% nas receitas, enquanto a mesa de ações teve queda de 2%. O banco de consumo (varejo) respondeu por cerca de 40% do lucro, com crescimento de depósitos de 7%, alcançando US$ 1 trilhão; o banco global respondeu por outros 36%, com números mais fracos do seu banco de investimentos, mas compensado por outros serviços e a adição de mais de 1100 clientes. Em termos de provisão o banco aumentou em US$ 602 milhões para US$ 1 bilhão no trimestre.

Olhando a frente o CEO do banco Brian Moynihan trouxe um viés positivo. Segundo ele:  “continuamos a ver uma economia saudável dos EUA, crescendo em um ritmo mais lento, mas com um mercado de trabalho resiliente”. Além disso, ele comentou que o banco seguiu vendo crescimento orgânico e mais impactos benéficos do que negativos com o aumento de juros.

Números Gerais:

 

– Receitas: US$ 25.33 bilhões vs. US$ 25.05 bilhões esperado pelos analistas.

– Lucro por Ação: US$ 0.88 vs. US$ 0.84 estimado.

– O BAC possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 240 bilhões, P/E (price/earnings) de 9,48 , dividend yield de 2,92% e no ano as suas ações caem 11,2 %.

 

 

Para mais resumos como este, acesse o nosso canal no Telegram: https://t.me/avenuesec

Fale com a gente