Avenue
Compartilhe este post

A TSMC reportou nesta quinta-feira (19/10/2023), antes da abertura do mercado, os seus resultados corporativos com números que vieram acima das expectativas de Wall Street, apesar de piores do que o mesmo período do ano anterior. Como reação, suas ações sobem.

A maior fabricante de chips do mundo registrou sua maior queda de lucro em quase cinco anos nesse terceiro trimestre, atingindo cerca de US$ 6,69 bilhões, devido à fraca demanda por produtos eletrônicos que persiste após a pandemia – apesar disso, a empresa superou as expectativas dos analistas tanto em receita quanto em lucro por ação. A receita da TSMC caiu 14,6% em relação ao ano anterior, atingindo cerca US$ 17,28 bilhões, enquanto o lucro líquido diminuiu 24,9% em relação ao ano anterior. A empresa atribuiu seu desempenho acima das expectativas à forte adoção de sua tecnologia de 3 nanômetros e à crescente demanda por tecnologias de 5 nanômetros, parcialmente compensadas pelos ajustes de estoque dos clientes.

Para o quarto trimestre de 2023, a TSMC espera uma receita entre US$ 18,8 bilhões e US$ 19,6 bilhões.

Recentemente, os Estados Unidos estenderam a isenção da TSMC das sanções comerciais dos EUA em relação à China, permitindo que a fabricante de semicondutores para empresas como Apple e Nvidia continue a enviar equipamentos avançados de chips para a China.

 

Números Gerais:

– Receitas: US$ 17,28 bilhões vs. US$ 16,95 bilhões esperado pelos analistas.

– Lucro por Ação: US$ 1,29 ajustado vs. US$ 1,15 estimado.

– O TSMC possui um valor de mercado de cerca de cerca de US$ 484 bilhões, P/E (price/earnings) de 15,61, um dividend yield de 1,96% e no ano as suas ações sobem cerca de 26%.

 

Para mais resumos como este, acesse o blog da Avenue: https://avenue.us/resultados-trimestrais/

 

 

Fale com a gente