Compartilhe este post

Acompanhar as condições econômicas da maior economia do mundo pode ajudar a encontrar oportunidades de investimento para melhorar a sua alocação de capital. Nesse sentido, o entendimento sobre o que é o Beige Book e quais informações ele contém se torna essencial.

Ao ler esse relatório e compreender quais são os dados que ele apresenta, você conta com informações que podem ajudar na hora de escolher os seus investimentos. Quer saber mais sobre o Beige Book? Então, continue a leitura e confira este conteúdo especial que preparamos.

 

O que é o Beige Book?

O Beige Book é um relatório publicado pelo Federal Reserve (FED), tendo o nome formal de Summary of Commentary on Current Economic Conditions, ou (Resumo dos Comentários sobre as Condições Econômicas Atuais).

Ele é responsável por fornecer uma visão geral das condições econômicas atuais em cada um dos 12 distritos do FED, com base em informações coletadas de uma variedade de fontes, como empresas, bancos, contatos do governo e outras organizações.

As informações que constam nesse documento são usadas pelo Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC) como uma ferramenta para entender melhor as condições econômicas em todo o país.

 

Por que leva esse nome?

A origem do nome não tem nenhum mistério. Ele é conhecido por Beige Book devido à cor da capa do relatório publicado. Vale lembrar que sua divulgação acontece desde 1970, quando era conhecido como Red Book, também baseado na coloração da capa. A partir de 1983, com a adoção da cor bege, ele passou a ter o atual apelido.

 

Como o Beige Book é criado?

A criação do Beige Book acontece com base na reunião dos 12 bancos distritais do FED, os quais fornecem informações sobre a economia local. Nessa reunião, os especialistas realizam uma discussão sobre o cenário econômico.

Nela, são apresentadas questões-chave como inflação, mudanças nas taxas de câmbio, nível de atividade empresarial e até mesmo aspectos ambientais. Quando a reunião termina, é gerado o relatório final, o Beige Book.

 

Para que serve o Beige Book?

A partir da visão das condições econômicas detalhadas e regionais oferecidas pelo Beige Book, o FOMC tem um documento claro que o ajuda na hora de tomar as decisões sobre as políticas econômicas que guiarão o país.

Ou seja, o Beige Book é um documento útil para avaliar a saúde da economia, identificar tendências emergentes e tomar decisões informadas sobre a política monetária, como mudanças nas taxas de juros.

Porém, vale ressaltar que o FOMC não utiliza apenas esse relatório em suas avaliações. Nesse sentido, esse comitê também faz uso do Tealbook, que apresenta previsões econômicas para os EUA e também mundiais e oferece um panorama das finanças americanas.

 

Quando o Beige Book é publicado?

O Beige Book tem sua publicação realizada antes das reuniões do FOMC. Sendo assim, ele é publicado 8 vezes por ano, em geral, entre as 15h e 16h. Para o ano de 2024, o calendário de publicação é o seguinte:

  • 17 de janeiro;
  • 6 de março;
  • 17 de abril;
  • 29 de maio;
  • 17 de julho;
  • 4 de setembro;
  • 23 de outubro;
  • 4 de dezembro.

Para acompanhar o calendário anualmente, é possível consultar o site do FED, no qual é possível baixar os relatórios já publicados e consultar as próximas datas de publicação.

 

Qual a importância do Beige Book?

O Beige Book desempenha um papel importante em diversas frentes. Nesse sentido, ele pode ajudar tanto nas decisões econômicas governamentais, quanto na escolha dos investidores sobre como alocar o capital. A seguir, explicamos em mais detalhes.

 

Impacta decisões econômicas importantes

A partir das informações disponibilizadas por meio do Beige Book, em conjunto com outros dados, são tomadas decisões que impactam tanto a economia americana, como a mundial. Por isso, esse relatório é tão relevante. Com ele, o FOMC faz ajustes nas taxas de juros básicas e adota medidas para estimular a economia americana.

 

Permite melhorar as análises de mercado

O Beige Book também pode ajudar os investidores a encontrar oportunidades de mercado para alocar o capital de maneira eficiente. Ao ler esse relatório é possível entender melhor o panorama econômico dos Estados Unidos e antecipar tendências futuras.

Assim, fazer as análises pode influenciar as decisões de investimento, ajudando a orientar o planejamento e as tomadas de decisão na hora de diversificar a carteira, além de permitir encontrar oportunidades em setores em crescimento.

Ao entender a importância do Beige Book e conhecer as informações que esse relatório proporciona, você consegue tornar as suas análises de investimentos ainda melhores. Além disso, ao contar com a Avenue para investir no exterior, é factível aproveitar oportunidades que surgem na maior economia do mundo.

Quer começar a diversificar o seu portfólio com ativos dos EUA? Então, abra a sua conta na Avenue agora mesmo!

 

DISCLAIMER

A situação de cada investidor é única e você deve considerar seus objetivos de investimento, tolerância ao risco e horizonte de tempo antes de fazer qualquer investimento. Investir envolve risco e você pode incorrer em um lucro ou perda, independentemente da estratégia selecionada. O conteúdo acima não é uma recomendação para comprar ou vender qualquer ativo individual ou qualquer combinação de ativos.

Qualquer informação não é um resumo completo ou declaração de todos os dados disponíveis necessários para tomar uma decisão de investimento e não constitui uma recomendação. Os investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os investidores.

Todo tipo de investimento, incluindo fundos, envolve risco. Risco refere-se à possibilidade de que você perderá dinheiro (tanto principal quanto qualquer ganho) ou não consiga ganhar dinheiro com um investimento. A mudança das condições do mercado pode criar flutuações no valor de um investimento em fundos. Além disso, existem taxas e despesas associadas ao investimento em fundos que geralmente não ocorrem na compra de ativos individuais diretamente

Avenue Securities Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. (“Avenue Securities DTVM”) é uma distribuidora de valores mobiliários brasileira devidamente autorizada pelo Banco Central do Brasil (“BCB”) e pela Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) Os saldos disponíveis em Reais são mantidos na Avenue Securities DTVM Ltda., uma instituição financeira regulada. Os fundos detidos pela Avenue Securities DTVM não são cobertos pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos).

Fale com a gente