Você sabe o que é e como funcionam as bolsas NYSE e NASDAQ? Ambas são americanas e, portanto, estão inseridas na maior economia do mundo.

Desse modo, quem investe na aquisição de ativos na NYSE ou mesmo na NASDAQ tem acesso a oportunidades de investimento em algumas das empresas mais reconhecidas internacionalmente, podendo participar no possivel crescimento dessas companhias e de eventuais retornos no futuro.

Imaginamos que você deva estar interessado em saber sobre esse tema. Pensando nisso, neste conteúdo explicaremos a importância de investir no exterior, informaremos como funciona a NYSE e NASDAQ e destacaremos as diferenças entre elas. Acompanhe a seguir.

Qual a importância de investir no exterior?

Fazer investimentos no exterior pode ser importante por diversos motivos.

  • Você pode diversificar a sua carteira em um mercado muito maior que o brasileiro – o número de empresas listadas nos EUA chega a ser mais de 15x o número no Brasil;
  • Acesso a empresas verdadeiramente globais, que vão muito além das já conhecidas Google, Facebook, Apple, Microsoft, entre outras;

O tamanho do mercado americano pode se traduzir em novas possibilidades para obter oportunidades de investimento.

São cerca de 6.000 empresas listadas nas bolsas dos Estados Unidos. Esse número pode chegar a mais de 8.000 ativos ao considerarmos ETFs e outros ativos.

Assim, existem setores que não estão presentes ou são pouco representados na bolsa brasileira, como biotecnologia, viagem espacial, esportes, cibersegurança, entre outros. Da mesma forma, muitas empresas globais não estão presentes no mercado brasileiro, e o investimento internacional possibilita o acesso a elas.

Muito se fala também sobre a possibilidade de reduzir a volatilidade do seu portfolio. Historicamente, o mercado acionário brasileiro apresenta volatilidade superior ao americano, o que pode ser explicado por um risco-país maior – basta comparar os gráficos do Ibovespa com o S&P 500 ou o Nasdaq para visualizar a diferença de trajetória entre a renda variável no Brasil e nos Estados Unidos ao longo dos últimos anos.

Essa questão é fundamental, já que toda aplicação financeira apresenta risco, e a diversificação internacional pode ajudar a mitigá-lo.

Isso acontece porque as aplicações, especialmente os investimentos nas bolsas de valores, apresentam desempenhos diferentes e eles variam conforme as condições de mercado. Assim, a diversificação pode ajudar a mitigar ou compensar perdas de determinadas ações ou setores na sua carteira.

Por ser um investimento internacional há, também, a influência do dólar. Ou seja, variações positivas ou negativas no câmbio também se refletem nos investimentos.

Dolarizar parte do portfólio também costuma ser indicado pelos especialistas como medida de proteção, uma vez que o real tende a perder valor frente ao dólar em momentos de estresse na economia local ou global – basta lembrar como o dólar reagiu frente ao real em meio à pandemia.

O que é a NYSE?

A New York Stock Exchange (NYSE) é conhecida como a bolsa de valores de Nova York, sendo a principal do mundo em termos de valor de mercado.

É uma das mais antigas bolsas de valores do mundo. Foi fundada em 1792 e está localizada no famoso centro financeiro de Wall Street, na ilha de Manhattan.

Ao longo dos anos, a bolsa passou por importantes transformações em seu comando. Em 2006, a bolsa americana juntou-se à Euronext e formou o primeiro conglomerado no mercado de capitais com operações nos Estados Unidos e na Europa.

Alguns anos depois, já em 2012, mais uma mudança importante foi anunciada: a IntercontinentalExchange, conhecida como ICE, anunciou a compra da NYSE Euronext por mais de US$ 8 bilhões.

A NYSE é conhecida por abrigar algumas das empresas mais tradicionais e sólidas da economia americana.

Por ser uma bolsa inserida em um dos principais centros financeiros do mundo, empresas de variados setores têm o capital aberto nela. Os investidores podem comprar ações de mais de duas mil companhias. Entre elas, estão nomes como Coca-Cola, Walt Disney, Nike, Mastercard, Colgate, Berkshire Hathaway, dentre muitas outras.

O que é a NASDAQ?

A NASDAQ foi a primeira bolsa de valores eletrônica do mundo, fundada em 1971. Ela é o segundo principal mercado de ações nos Estados Unidos, ficando atrás somente da NYSE em termos de valor de mercado.

Embora o valor do mercado da NYSE seja superior, a Nasdaq traz um número maior de empresas listadas no mercado americano: são mais de 3.500 empresas, de diferentes setores. Até por causa de sua origem como a primeira bolsa eletrônica do mundo, ela é, também, o ambiente escolhido pela maioria das empresas de tecnologia.

Assim, é comum o investidor encontrar empresas de setores como informática, telecomunicações, eletrônica, etc., embora não haja nenhuma limitação para empresas de setores vistos como tradicionais listarem suas ações na Nasdaq.

Algumas das empresas mais valiosas do mercado americano fazem parte da NASDAQ. Entre elas estão a Apple, Microsoft, Amazon, Google, Facebook, Tesla e Nvidia. Empresas brasileiras com foco em tecnologia, como a XP Inc., também escolheram a Nasdaq para abrir seu capital.

Quais as diferenças entre a NYSE e NASDAQ?

Existem algumas diferenças importantes entre a NYSE e a NASDAQ. O conhecimento dessas questões pode ser bastante útil, pois poderá te ajudar a escolher os investimentos. Entre as diferenças estão:

  • capitalização das empresas listadas: esse indicador demonstra a soma do valor de mercado das companhias que estão em uma bolsa. Em setembro de 2021, a NYSE tinha US$ 28,4 trilhões, enquanto a NASDAQ tinha capitalização de US$ 22,3 trilhões;
  • segmentos das empresas: em geral, empresas tradicionais abrem seu capital na NYSE, enquanto companhias de setores ligados à inovação — especialmente do setor tecnológico — preferem negociar na NASDAQ. Vale lembrar que não há uma obrigação para abrir capital em uma ou outra bolsa de acordo com o segmento — nomes com uso intensivo da tecnologia, como Alibaba, Salesforce, Uber e Twitter também estão presentes na NYSE.
  • risco e retorno: devido à presença majoritária de empresas mais tradicionais e consolidadas no mercado, as ações da NYSE tendem a apresentar volatilidade menor que as da Nasdaq, que costumam ser de empresas mais ligadas a histórias voltadas para o crescimento. Mas, junto com a volatilidade, também vem um maior potencial de retorno.
  • número de empresas listadas: também em setembro de 2021, a NYSE contava com cerca de 2.400 empresas listadas, enquanto a NASDAQ tinha cerca de 3.500 companhias listadas.

Como medir o resultado da NYSE e da Nasdaq?

Quando você escuta que o mercado brasileiro ou o mercado americano fecharam com ganhos ou perdas, na verdade este desempenho faz referência a um índice de mercado.

Existem dezenas de índices disponíveis para os investidores acompanharem os resultados nas bolsas. Aqui, selecionamos os três índices mais conhecidos no mercado americano:

  • Dow Jones Industrial Average (DJIA): Este é o índice mais antigo do mercado americano, criado em 1896 por Charlie Dow e Edward Jones. Ele é composto por ações de 30 empresas de grande valor de mercado, as blue chips. As companhias do índice podem ser negociadas na NYSE ou na Nasdaq.
  • S&P 500: Este é um índice mais amplo do que o Dow Jones. Ele reúne 500 das maiores empresas negociadas no mercado, independentemente se são listadas na NYSE ou na Nasdaq.
  • Nasdaq Composite Index: Este é um índice exclusivo para ativos listados na Nasdaq. Ele é composto por mais de 2.500 ativos. Além de ações de empresas americanas listadas, o índice pode ter ADRs, REITs, entre outros ativos. Cerca de 50% deles são do setor de tecnologia.

Como começar a investir na NYSE e na NASDAQ?

A NYSE e a NASDAQ contam com ativos de empresas de variados nichos de mercado. Desse modo, você terá a oportunidade de ter um portfólio diversificado de investimentos no exterior.

A Avenue é uma corretora americana pensada especialmente para brasileiros. Com escritórios em Miami e São Paulo, você pode negociar ações com suporte em português e relatórios gratuitos para emissão da DARF e para a declaração do Imposto de Renda, visamos facilitar o acesso ao sistema financeiro americano e, assim, proporcionar oportunidades no maior mercado global para todos os investidores.

Gostou deste conteúdo? A NYSE e a NASDAQ são as duas mais importantes bolsas de valores no mundo. Para continuar aprendendo sobre o mercado americano, leia outros artigos em nosso blog.

 

Gostou deste artigo?

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro de tudo

    Desejo receber atualizações de notícias, eventos e ofertas

    Ainda não é cliente?

    Abra sua sua conta sem custos para ter acesso a todo o nosso material

    Abra sua conta