Avenue
Compartilhe este post

O Goldman Sachs reportou nesta terça-feira (17/10/2023), antes da abertura do mercado. Os seus resultados vieram mistos em relação às expectativas de Wall Street e as ações reagiram de forma negativa.

O lucro por ação atingiu US$ 5,47, superando a estimativa de US$ 5,31 por ação, e receita total atingiu US$ 11,82 bilhões, superando as expectativas de US$ 11,19 bilhões. No entanto, o lucro caiu 33% e a receita caiu 1%, em relação ao ano anterior.

Um ponto forte foi a receita proveniente de Trading de bonds, que caiu 6% em relação ao ano anterior, atingindo US$ 3,38 bilhões, mas superou em quase US$ 600 milhões as expectativas do mercado. A Goldman Sachs atribuiu isso à força dos produtos atrelados às taxas de juros e hipotecas, que compensaram as quedas na negociação de moedas, commodities e crédito.

Os esforços da empresa para impulsionar as atividades de empréstimo na divisão de Trading também tiveram sucesso, com uma receita recorde de US$ 730 milhões proveniente de financiamento de títulos de renda fixa. A receita de Trading de ações aumentou 8% em relação ao ano anterior, atingindo US$ 2,96 bilhões, devido a uma maior atividade em derivativos, superando a estimativa em cerca de US$ 200 milhões. Também, a receita de Investment Banking aumentou ligeiramente em 1%, atingindo US$ 1,55 bilhão, superando a estimativa de US$ 1,48 bilhão.

A empresa enfrentou desafios devido à sua forte dependência da receita de Investment Banking e Trading, apesar dos esforços de diversificação sob a liderança do CEO David Solomon.

 

Números Gerais:

– Receitas: US$ 11,82 bilhões vs. US$ 11,21 bilhões esperado pelos analistas.

– Lucro por Ação: US$ 5,47 ajustado vs. US$ 5,54 estimado.

– O Goldman Sachs possui um valor de mercado de cerca de cerca de US$ 101 bilhões, P/E (price/earnings) de 13,11, um dividend yield de 3,58% e no ano as suas ações caem cerca de 11%.

 

Para mais resumos como este, acesse o blog da Avenue: https://avenue.us/resultados-trimestrais/

 

 

Fale com a gente