Avenue
Compartilhe este post

A Walgreens Boots reportou nessa quinta-feira (12/10/2023), antes da abertura do mercado, seus resultados do 4T23, referentes ao 3T23 fiscal, com números mistos em relação às estimativas de Wall Street.

Como destaque, a empresa obteve um lucro por ação ajustado de 67 centavos, abaixo das expectativas de 69 centavos. A receita total foi de US$ 35,4 bilhões, superando as previsões de US$ 34,82 bilhões. A empresa também registrou um prejuízo líquido de US$ 180 milhões, o que representou uma melhora em relação ao ano anterior.

As vendas da divisão de farmácias nos EUA cresceram 3,7%, com vendas de medicamentos aumentando 6,4%. No entanto, as vendas de varejo caíram 4,3% devido à menor demanda por testes de COVID-19 e vendas mais fracas de produtos de saúde e beleza.

A divisão internacional da empresa registrou um aumento de mais de 12% nas vendas. A divisão de cuidados de saúde nos EUA viu as vendas subirem para US$ 1,97 bilhão, com a perda operacional diminuindo para US$ 294 milhões.

Os guidances da Walgreens foram mais fracos do que o esperado, com um lucro por ação ajustado estimado entre US$ 3,20 e US$ 3,50 para o próximo ano fiscal, abaixo das expectativas dos analistas de US$ 3,72. A empresa ainda espera enfrentar desafios contínuos relacionados a custos, mas planeja economizar mais de US$ 1 bilhão no próximo ano por meio de seu programa de redução de custos.

 

Números Gerais:

– Receitas: US$ 35,4 bilhões ajustado vs. US$ 34,82 bilhões esperado pelos analistas.

– Lucro por Ação: US$ 0,67 ajustado vs. US$ 0,69 estimado.

– A Walgreens possui um valor de mercado de cerca de US$ 19 bilhões, Foward P/E (price/earnings) de 7,03, um dividend yield de 8,37% e no ano as suas ações caem cerca de 38%.

 

Para mais resumos como este, acesse o blog da Avenue: https://avenue.us/resultados-trimestrais/

 

 

Fale com a gente