Avenue
Compartilhe este post

A Alibaba empresa de ecommerce chinesa, reportou nessa quinta-feira (10/08/2023), antes da abertura do mercado, seus resultados do 2T23, com números melhores que o esperado pelo mercado e suas ações repercutem positivamente.

 

Receitas cresceram 14% na comparação anual, no maior ritmo desde o 3T21. Vale a ressalva que os resultados desse trimestre se comparam a um período quando a China ainda lutava contra a Covid-19 e um fechamento de 2 meses havia sido imposto em Xangai, no ano passado.

 

Entre os destaques, os seus 2 principais negócio o Taobao e Tmall Group (comércio online) tiveram aumento de receita de 12% ano a ano. O aplicativo Taobao teve um aumento diário de usuários ativos em junho de 6,5% em relação ao ano anterior. Outro destaque foi o crescimento do e-commerce da empresa fora da China, de 60% na comparação anual; o crescimento desse segmento ajudou a dar um gás nas receitas do seu negócio de logística o qual cresceu 34% ano contra ano. Por outro lado, o crescimento do seu segmento de cloud foi mais modesto em 4%.

 

Em relação a reorganização de negócios e divisão da companhia em 6 a empresa disse que segue avaliando e estudando como irá executar isso. Em março, o Alibaba disse que se iria dividir suas operações em 6 grupos empresariais, com alguns tendo a capacidade de levantar fundos externos e abrir o capital. A empresa já disse que planeja listar publicamente sua divisão de computação em nuvem.

 

Números Gerais:

– Receitas: US$ 32,29 vs. US$ 31,02 bilhões esperado pelos analistas.

– Lucro por Ação: US$ 4,73 bilhões vs. US$ 3,95 bilhões estimados.

– A Alibaba possui um valor de mercado de aproximadamente US$ 240 bilhões, P/E (price/earnings) de 23,4x, não paga dividendos e no ano as suas sobem 7% no ano.

 

Para mais resumos como este, acesse o nosso canal no Telegram: https://t.me/avenuesec

 

 

Fale com a gente